Bateria_litio_prata

A bateria de lítio já é o presente

A necessidade de garantir eficiência e alta produtividade na intralogística é cada vez maior e, para isso, é importante buscar novas soluções e tecnologias que facilitem o trabalho diário. A bateria de lítio é uma inovação sustentável e traz diversos benefícios para a empresa e para o meio ambiente.

Muito se fala em sustentabilidade em todos os aspectos da vida moderna. Reduzir, reutilizar, reciclar são mantras básicos na busca por uma maior consciência nos cuidados do planeta em que vivemos. E as indústrias não fogem desse propósito: também precisam atingir metas ambientais alinhadas às suas ideologias, acordadas por seus conselheiros, acionistas, matrizes, ou ainda definidas pelos muitos países onde atuam.

Isso não é diferente no mercado de equipamentos e soluções de intralogística, como empilhadeiras, transpaleteiras, selecionadoras de pedidos e rebocadores, por exemplo, fundamentais na operação de fábricas, na agroindústria, em empresas varejistas e tantos outros setores.

Mas, para além da visão sustentável, as operações desses segmentos precisam redefinir métodos e processos na busca pela redução de custos, de resíduos gerados e perdas. Focado nos dois propósitos – preocupação ambiental e custos –, existe uma tendência mundial, há mais de 25 anos, de sair do universo de máquinas à combustão – gás e diesel – e partir para as máquinas elétricas. E, dentro do segmento de maquinário elétrico, há os equipamentos movidos 100% por baterias de chumbo ácido, uma realidade desde 1880, e os equipamentos alimentados por baterias de lítio.

Hoje, entendemos que o chumbo ácido, após 138 anos de existência, está entrando na sua fase final. Não é mais considerada uma tecnologia com ganhos de evolução ou capaz de representar inovação e grandes economias para quem a utiliza. E é extremamente natural que os ciclos tecnológicos terminem – assim, novos podem começar.

É o caso da tecnologia Li-ION. As baterias de lítio passaram a ser estudadas no ano de 2007 pela Jungheinrich e, em 2011, a companhia passou à produção em série de máquinas alimentadas por essa nova tecnologia em sua planta de Norderstedt na Alemanha. De dois anos para cá a gama de maquinários elétricos suportados por baterias de lítio foi intensificada, passando da fase de comercialização na Europa para a comercialização global. No Brasil, vendemos a primeira máquina movida a bateria de lítio há aproximadamente dois anos e percebemos uma demanda maior do que imaginávamos.

Somos, atualmente, a única empresa do segmento intralogístico a desenvolver e fabricar não apenas os equipamentos de movimentação de carga, mas também nossas próprias baterias, carregadores, BMS (“Battery Management System”), softwares e demais sistemas periféricos. Para nossas baterias, fazemos uso do Fosfato de Ferro Lítio (LiFePO4): a mais segura célula química disponível, que além de ser atóxica e inofensiva para o meio ambiente, tem uma vida útil três vezes mais longa que as baterias de chumbo ácido, e apresenta tensão constante, trabalhando assim sempre com rendimento total. Nossas baterias são inteligentes e se comunicam com os equipamentos e com os carregadores. Isso significa que podem, ao mesmo tempo, se proteger de maneira autônoma de um uso incorreto e ainda ajustar-se de forma ideal à aplicação.


A necessidade de garantir eficiência e alta produtividade na intralogística é cada vez maior e, para isso, é importante buscar novas soluções e tecnologias que facilitem o trabalho diário. A bateria de lítio é uma inovação sustentável e traz diversos benefícios para a empresa e para o meio ambiente. Esse tipo de bateria garante eficiência, tem longa vida útil e não necessita de manutenção. Além disso, preserva diversos fatores no dia a dia dos operadores e colaboradores.

Como toda nova tecnologia, seu preço é superior às técnicas já conhecidas. O investimento em uma máquina com essa tecnologia pode ser de 20% a 35% maior que o mesmo equipamento na versão alimentada por chumbo ácido, mas os ganhos são altamente compensadores em curto, médio e longo prazo.


 

Para começar, não há emissão de gases ou ácido pelas baterias de lítio. Estações especiais para troca de baterias equipadas com caros sistemas de exaustão não são mais necessárias. Também se anula a necessidade da manutenção corriqueira, como reposição de água e sua consequente perda de tempo. Manter baterias reservas também não é preciso; evitam-se os erros de operação como, por exemplo, esquecer de realizar o abastecimento, utilizar água imprópria, ou colocar a água de maneira incorreta; e ainda reduz-se os custos com pessoal para todos esses processos. Itens que, além de tornar as operações mais seguras, economizam espaço e dinheiro.


Outro benefício de extrema importância é o tempo de recarga desses equipamentos com tecnologia Jungheinrich LiFePO4: eles conseguem atingir 50% de sua carga com abastecimento em apenas 30 minutos – ou seja, entre pausas, como a hora do almoço, por exemplo. E a carga completa leva somente 80 minutos, uma redução bastante expressiva de tempo e economia nos gastos com energia na comparação com as oito horas necessárias para carregamento total das máquinas movidas a chumbo ácido. Dessa forma, evita-se que o equipamento pare por um turno de trabalho. Esses períodos mais curtos e rápidos de carregamento significam uma frota pronta para operar de maneira praticamente contínua, 24 horas por dia e sete dias por semana.

Para conferir as 6 qualidades em segurança das baterias de lítio baixe:  

Por termos nossa própria produção de equipamentos e baterias, conseguimos oferecer garantia de cinco anos em todas as baterias de lítio.

Com isso, tenho certeza, reduzimos consideravelmente os riscos de investimento para nossos clientes e, ao mesmo tempo, maximizamos os benefícios atrelados a toda linha e reafirmamos nossa liderança tecnológica em baterias de lítio. Na Jungheinrich estamos certos de que a tecnologia de lítio não vai se tornar, mas já se tornou, o sistema padrão de armazenamento de energia na área de intralogística, garantindo muito mais desempenho em cada armazém das diversas cadeias da indústria e do varejo.