11 4839 - 0803 Contato Comercial - Vendas e Locação Número para Ligação Gratuita
Formulário de contato
Boletins
EKS 215a

Lançamento EKS 215a

Jungheinrich lança novos produtos e melhora sua previsão para 2021 

Lançamento, a empilhadeira EKS 215a é mais compacta, automatizada, sem condutor e pode armazenar de forma independente cargas de até 700 kg em uma altura de até 6 metros

Nova empilhadeira patolada elétrica ERD 220i foi projetado com tamanho de 30 cm menor a fim de unir compacidade, segurança e ergonomia para uso flexível no armazém

ERE 225i também está mais compacta; transpaleteira elétrica é ideal para operações sem empilhamento.

Companhia fecha o ano fiscal com receita de 959 milhões de euros e 46 mil unidades

A Jungheinrich - uma das líderes globais em soluções de intralogística – lança mundialmente três novos produtos: as empilhadeiras EKS 215a, ERD 220i e ERE 225i. A primeira é a mais nova máquina automatizada (AGV), sem condutor, que chega mais compacta e pode armazenar de forma independente cargas de até 700 kg em uma altura de até seis metros sendo, portanto, uma solução ideal para a automação de alta elevação. Já a ERD 220i é a empilhadeira elétrica patolada com plataforma fixa para dois paletes simultâneos, da qual deriva a ERE 225i,  transpaleteira elétrica ideal para operações sem empilhamento.


A EKS 215a destaca-se no mercado pelo chassi AGV totalmente novo e especialmente compacto. Com isso, a Jungheinrich conseguiu reduzir o espaço físico no piso da EKS 215a em 131 mm no comprimento e 85 mm na largura. A otimização dos sensores de segurança também propiciaram a sua característica compacta. Graças ao seu novo conceito de campo de proteção - os scanners de segurança são instalados debaixo do piso para evitar que sejam danificados e para poupar espaço.


Além disso, nove tipos de mastro permitem soluções individuais para cada aplicação e os garfos autoportantes aumentam a versatilidade quando se trata de manuseamento.  “A nova EKS 215a é a resposta da Jungheinrich a numerosos pedidos de clientes relacionados às necessidades de espaço e possíveis utilizações. A empilhadeira é mais compacta, potente e fácil de utilizar do que todos os modelos anteriores”, explica Manuela Schmidbauer, gerente de produto responsável pela nova EKS 215a na Jungheinrich.


“Com uma capacidade de carga residual 40% superior ao modelo anterior, a nova empilhadeira AGV é ideal para automatizar o transporte interno e o armazenamento de paletes em corredores largos”, completa.  A nova EKS 215a utiliza tecnologia de 24-volts em vez de tecnologia de 48-volts. Isto resulta em uma economia de custos de até 30% no sistema energético. Os processos de carregamento são automatizados.

Uma nova interface homem-máquina com tela sensível ao toque oferece opções adicionais para a interação entre o operador e a máquina AGV. Em caso de avarias, a máquina oferece uma descrição do problema em texto simples e recomendações específicas adicionais de ação. Isso permite que erros que, anteriormente, só podiam ser resolvidos por um técnico de serviço, sejam facilmente eliminados. 


ERD 220i: ainda mais segura e compacta    

A nova ERD 220i foi projetada para unir compacidade, segurança e ergonomia e, assim, permitir uma utilização flexível no armazém, bem como na carga e na descarga de mercadorias. Trata-se de uma empilhadeira elétrica patolada com plataforma fixa para dois paletes simultâneos.


Para inovar e conseguir ter um equipamento 30 cm menor do que o modelo anterior, a Jungheinrich apostou em um novo conceito de baterias de íons de lítio. A mudança resulta em uma redução de espaço de cerca de 25%. Mais compacta, seu raio de manobra foi reduzido para 1.985 mm, o que permite a otimização dos corredores.


“A nova ERD 220i oferece a máxima eficiência. As rotas requerem menos espaço e as larguras dos corredores podem ser reduzidas. Isso nos permite fornecer aos nossos clientes que utilizam a ERD 220i mais espaço de armazenamento na mesma superfície de armazém”, explica Torben Sell, gerente de produto da Jungheinrich. 


A equipe de engenharia melhorou a distribuição do peso da ERD 220i por meio da disposição balanceada de duas baterias de íon-lítio. Isso trouxe evolução aos parâmetros de condução, o que é evidente na aceleração e permite velocidades de condução de até 14 km/h. No entanto, o equipamento conta com uma tecnologia de redução automática de velocidade em caso de necessidade. 


O espaço economizado permite também oferecer o equipamento em duas versões de plataforma. Ambas têm painéis de proteção laterais fixos em três lados e permitem uma condução segura e uma posição confortável. Este equipamento conta com os reforços lateral e traseiro da plataforma, abaixo da cintura do operador, permitindo a sua proteção em caso de embate com algum obstáculo. 


Carregar e descarregar mercadorias é uma das operações intralogísticas mais complicadas, tanto para o homem quanto para a máquina. Por este motivo, a Jungheinrich desenvolveu várias características para que a empilhadeira ERD 220i ofereça mais segurança, conforto e ergonomia, o que também permite mais produtividade.

A ERD 220i também reduz a velocidade a um tempo definido pelo cliente para que o operador seja capaz de ultrapassar o limite entre o caminhão e o armazém sem colocar tensão desnecessária nas costas. Uma suspensão intuitiva ajustável e dependente do peso na ERD 220i também ajuda a facilitar o deslocamento vigoroso em rampas na parte traseira.

A luz LED "Floor Spot" foi totalmente integrada na parede lateral como um item de segurança que pode ser encomendado. Ela aumenta a visibilidade da máquina nas suas viagens de transporte no armazém.


O volante smartPILOT, já conhecido da Jungheinrich ERC, agora está na nova ERD 220i. Isso permite o controle intuitivo de todas as funções da empilhadeira com apenas uma mão, já que vem com a opção de centralização automática do volante e, agora, ajustável em altura como padrão.


“Tempos de formação mais curtos para novos condutores ou para uma equipe em constante rotatividade são as vantagens do smartPILOT, assim como a redução da fadiga dos operadores”. A nova interface do carregador assegura a ligação direta da empilhadeira a recargas rápidas. O carregador integrado é um opcional que permite realizar a carga em qualquer tomada, o que oferece ainda mais flexibilidade. 


A nova versão com mastro de elevação permite que a ERD 220i seja usada de forma ainda mais ampla no futuro e, além de carga e descarga, também possa ser usada para empilhamento. Um novo mastro de elevação triplo oferece a altura de plataforma mais alta de uma empilhadeira neste segmento, de 3,76 metros.


A altura do mastro de elevação é tão compacta que a máquina pode ser usada sem problemas para descarregar as mercadorias dentro do container do caminhão . A ERD 220i também pode ser utilizada para transportar e elevar dois paletes ao mesmo tempo. A inovação oferece ganhos de eficiência significativos, especialmente na carga e descarga de mercadorias


ERE 225i

Baseada na plataforma fixa da empilhadeira patolada ERD 220i, a Jungheinrich também lança uma nova transpaleteira elétrica com bateria de lítio integrada, a ERE 225i – transpaleteira elétrica. Ainda mais compacta do que a ERD 220i, ela é ideal para operações sem tarefas de empilhamento. Ao eliminar o mastro de elevação e retirar a bandeja da bateria anterior, o operador da ERE 225i fica muito mais próximo dos garfos, o que melhora a visão das mercadorias e dos próprios garfos. Isso também melhora significativamente a visão geral durante o processo de trabalho, o que torna a direção mais intuitiva e segura.


Resultados financeiros

A Jungheinrich encerrou o primeiro trimestre do ano financeiro de 2021 de forma positiva. Apesar de ter sido um período desafiador, todos os volumes aumentaram em comparação ao ano anterior, alguns de forma até significativa. No primeiro trimestre do ano, a receita da companhia atingiu os 959 milhões de euros. 


A entrada de pedidos, que inclui a venda de equipamentos novos, aluguel de curto prazo e equipamentos usados e pós-venda, atingiu os 1,32 mil milhões de euros em valor e as 46,1 mil unidades. O EBIT aumentou significativamente, principalmente devido à melhor utilização da capacidade nas fábricas. Assim, a Jungheinrich aumentou a sua previsão para 2021 e espera ficar na faixa dos 4 milhões a 4,2 mil milhões de euros (anteriormente, a previsão era entre 3,9 mil milhões a 4,1 mil milhões de euros).


De acordo com Christian Erlach, Membro do Conselho de Administração de Vendas da Jungheinrich, os desafios do último ano devido à crise da pandemia da COVID-19 foram muitos, mas a gestão de crise desenvolvida pelo grupo alemão tem sido conduzida com sucesso. Erlach destaca ainda que a intervenção precoce levou a empresa a uma estabilização rápida e viável. 


Sobre a Jungheinrich

A Jungheinrich é uma das líderes globais em soluções e gestão de armazenagem e fluxo de materiais. A empresa é uma das mais inovadoras, oferecendo a seus clientes consultoria e soluções de intralogística com um abrangente portfólio de empilhadeiras e sistemas automatizados de armazenagem. A Jungheinrich é uma empresa de capital aberto e tem suas ações negociadas na bolsa alemã. Com sede em Hamburgo, a Jungheinrich é representada mundialmente em 40 países e emprega mais de 18.000 pessoas em todo o mundo.